Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Fundação Japão exibe a animação brasileira Piconzé

Fundação Japão exibe a animação brasileira Piconzé

Amanhã (02/06), o Espaço Cultural Fundação Japão exibe a animação brasileira "Piconzé", provavelmente, o primeiro desenho animado de longa-metragem colorido brasileiro. Ele é uma espécie de samuraizinho que combate bandoleiros do sertão. O diretor do longa-metragem foi o japonês Ype Nakashima.

Datas, horários e outras informações de todos os filmes podem ser vistas acessando o site da Fundação Japão.

Ypê Nakashima (1926-1974), nascido na província de Oita, criou e viabilizou o primeiro longa-metragem de animação colorida no Brasil, o "Piconzé", além de inúmeros filmes publicitários como o dos cobertores Parahyba, açúcar Tamoyo e conhaque Napoleão.

Tratou-se de uma rara chance de ver o processo criativo deste artista inovador, que chegou ao Brasil em 1956, com 30 anos, depois de estudar belas-artes em Kyoto e consagrar-se como cartunista de grandes jornais japoneses, como o Mainichi Shimbun, Yomiuri Shimbun e Asahi Shimbun.

No Brasil, Ypê interessou-se principalmente pelo desenho de animação. Fascinado pelas lendas e folclores brasileiros, Ypê associou os personagens e seres das estórias nas suas criações, gerando o personagem Papapapo, um papagaio que surgiu em vários curtas-metragens que, infelizmente, nunca foram exibidos. Após quase dez anos desde a sua chegada no Brasil, Ypê, com um colaborador brasileiro, realizou os filmes publicitários que lhe trouxeram sucesso considerável.

O projeto de produzir um longa-metragem começou a ser gestado em 1966 e, entre criar a história até finalizar a primeira cópia, passaram-se seis anos. "Piconzé" estreou nos cinemas em 1972 e ganhou dois prêmios do Instituto Nacional do Cinema (Prêmio Qualidade e Coruja de Ouro pela montagem). O filme ganhou a trilha sonora que continha canções compostas pelo músico Damiano Cozella e letras de Decio Pignatari.

Ypê falesceu precocemente dois anos após a estréia do longa-metragem. Em 1975 recebeu postumamente o prêmio Governador do Estado.

"Três Espiãs Demais" ganha trailer

Um dos maiores sucessos animados da TV da atualidade ganhará um filme. O longa-metragem de "Três Espiãs Demais" (Totally Spies! The Movie) deve chegar aos cinemas franceses - país de origem da animação - no verão (inverno brasileiro). Com animação 2D e 3D, o filme de TED é produzido pela Marathon Media e Studio 37. Segundo sites internacionais, o filme custou cerca de 12 milhões de dólares e diversos países, incluindo o Brasil, já estão negociando para seus respectivos países. Confira o video aqui. (com informações de Sandra Monte)

Primeiro longa russo da Disney está sendo produzido

Não é de animação, mas a notícia vale pela curiosidade. O escritório russo da Walt Disney começou a trabalhar na primeira produção local. O estúdio está desenvolvendo uma aventura infantil baseada em alguns contos de fadas e personagens famosos da Rússia, segundo a Variety.

Dirigido e roteirizado por Vadim Sokolovsky, a principal produção da empresa e aquisição russa, Kniga Masterov (The Book of Masters), está sendo produzida em associação com o Moscow’s Three-T Studio, empresa fundada pelo diretor Nikita Mikhalkov (O Sol Enganador). Com um orçamento de cerca de US$ 7 milhões, o longa será filmado na Rússia e começou no início de setembro perto da cidade de Minsk.

A história está sendo desenvolvida. Segundo Marina Zhigalov-Ozkan, produtora geral do filme, é uma "adaptação de contos de fadas russos que todos ouvimos falar na nossa infância, que tem como objetivo conquistar as famílias, mantendo a tradição da Disney".

"The Book of Masters" está previsto para estrear no segundo semestre de 2009. (Cineclick)

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.