Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Disney testa janela de exibição curta com "Alice"

Disney testa janela de exibição curta com "Alice"

Bob Iger não estava blefando quando comentou meses atrás que o plano da Disney era testar uma janela de exibição mais curta nos cinemas. O teste final acontecerá com "Alice no País das Maravilhas" de Tim Burton.

A novidade foi noticiada um dia depois da revelação de que os exibidores ingleses foram questionados sobre a janela mais curta. O mesmo foi feito aos exibidores norte-americanos.

Normalmente um filme é exibido nos cinemas por um período que varia até 16 semanas. A Disney espera que essa exibição seja de menos de 13 semanas para "Alice", uma produção 3D estrelada por Johnny Depp e com animação de captura de movimento.

Com isso, a Disney espera aumentar a venda no mercado de DVD e Blu-Ray, com o filme ainda fresco na mente do público. A Disney também deverá acelerar o lançamento de "Alice" via VOD e plataformas online. Não só o estúdio espera faturar mais com a "janela curta", como pretende diminuir os prejuízos com pirataria. Os exibidores já reclamam que irão necessitar de uma compensação.

A janela curta irá facilitar o lançamento de outras grandes produções em 3D estereoscópico como "Fúria de Titãs" da Warner, que teria que disputar as salas 3D, ainda limitadas mesmo nos EUA. Ainda não há informações se a Disney Brasil seguirá a filosofia da "janela curta", mas vale lembrar que a animação "A Princesa e o Sapo" terá lançamento em DVD num prazo mais curto do que o normal (em março).

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.