Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
"Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar" é a estreia da semana

"Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar" é a estreia da semana

Após diversos adiamentos, a nova produção de Hayao Miyazaki "Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar" (Ponyo on the Cliff by the Sea) finalmente estreia nos cinemas brasileiros. Não sem uma certa limitação. Atenção que a animação estará nos cinemas de Brasilia, Rio de Janeiro, São Paulo, Santos, Campinas, Porto Alegre, Curitiba e Salvador.

Com roteiro e direção assinada por Hayao Miyazaki, o mesmo de “O Castelo Animado” e “A Viagem de Chihiro”, a animação conta a história de Ponyo, uma peixinha do mar que luta para realizar seu sonho de viver com um garoto chamado Sosuke, e de como um menino de cinco anos mantém uma promessa solene.

Tendo visto algumas críticas reclamando justamente do estilo da animação, creio ser importante ponderar que a simplicidade promovida por Miyazaki, ao contrário das complexidades de "A Viagem de Chihiro" e "O Castelo Animado", não é fruto de uma "involução". "Ponyo" não deixa a desejar tecnicamente a nenhum outro filme porque foi justamente a ideia do diretor fazer uma produção simples. E apenas isso não faz um filme ser mais ou menos infantil.

Vale lembrar que "Lilo & Stitch" da Disney é uma produção tecnicamente muito mais simples do que um "Atlantis: o Reino Perdido" ou "Planeta do Tesouro", mas isso não o faz uma produção tecnicamente inferior. É um estilo diferente. Do ponto de vista narrativo, Miyazaki preferiu mesmo uma narrativa também mais simples que funcionará melhor com crianças.

Confira o Por Trás da Mágica de Miyazaki e "Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar.

Novos artigos no Animagic

Finally! Atendendo a pedidos, cá estão novos artigos (que podem ser acessados aí no link das Colunas). O primeiro deles é sobre "A Manipulação em Toy Story 3" onde não só a produção em si é analisada, mas também os obstáculos em se tratando de nostalgia.

O segundo artigo é "Uma Reflexão sobre Festivais de Animação". No país em que temos mais festivais de cinema do que filmes sendo produzidos, é muito bom saber que o Anima Mundi tem muitos curtas brasileiros em exibição/competição. Por outro lado, nem tudo são flores e alguns dos problemas tento colocar em perspectiva para reflexão.

E lembre-se de acompanhar as novidades via twitter.

Animaí! promove encontro da animação em Salvador

O nordeste também terá um evento de animação agora em agosto. Trata-se do IV Encontro Baiano de Animação, o Animaí! em Salvador. Trata-se do evento mais importante dedicado à linguagem da animação no estado, não só pelo seu caráter pioneiro, mas principalmente por contribuir para o desenvolvimento da animação na Bahia e o intercâmbio entre artistas baianos e produtores de outros locais.

O Animaí! contará com uma programação diversificada e quase totalmente gratuita com palestras, oficiais, seminários e mostras,  com atrações voltadas para todos os segmentos de público. O evento acontece em parceria com a  Secretária de Cultura do Estado da Bahia - através da Dimas / Funceb- , e do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia com patrocínio do BNB de Cultura e em parceria com BNDES 2010.

As inscrições para oficinas estão abertas e outras informações podem ser acessadas no site oficial.

Confira as criações de Daniel Messias

Daniel Messias possui o que considero a melhor produtora de animação no Brasil. Mesmo sendo focado na publicidade, os trabalhos são sempre de encher os olhos e de impressionar até os estrangeiros. Aliás, quando a Warner anunciou os novos curtas do Coiote e Papa-Léguais na hora lembrei dos excelentes comerciais com os personagens feito para os Correios. Pois bem, há um link para conferir os novos trabalhos.

Aproveito para destacar dois twitts do Daniel sobre o Pernalonga. "Pra mim,o melhor animador de Pernalonga,Ken Harris,o melhor diretor,Chuck Jones,o melhor diretor de arte,Maurice Noble,o gênio,Tex Avery. Chuck Jones sobre Leo Schlesinger: "Ele era um dos dois caras que eu mais odiei, e olha que eu nem me lembro quem é o outro". E uma dica: "Bugs Bunny: Fifty Years and Only One Grey Hare ", um livrinho barato e bem ilustrado sobre Pernalonga, editado quando ele ainda tinha 50".

Pica Pau e a censura

O Ministério da Justiça criticou os DVDs do Pica Pau lançados pela Universal não pelo conteúdo dos desenhos animados e sim pelos trailers anti-pirataria. O conteúdo do trailer com bandidos, armas e violência não foi considerado apropriado para crianças . Confira a atualização da notícia aqui.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.