Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Exibição-teste de "Enrolados" foi positiva mas equipe se contradiz

Exibição-teste de "Enrolados" foi positiva mas equipe se contradiz

A Disney fez uma exibição-teste para jornalistas semana passada com 60% do filme concluído. Há ainda partes que necessitam de finalização, além da pós-produção - caso da trilha sonora. As reações foram positivas, de acordo com o site Deadline. Imagens (stills) do filme podem ser vistas aqui.

"Enrolados" é uma versão do conto Rapunzel e uma espécie de tentativa de resgatar os sucessos da Disney da década de 1990. Curiosamente, os diretores Nathan Greno e Byron Howard ("Bolt- Supercão") alegam que o filme vai por um caminho diferente. Não se trata de um filme com estrutura de musical da Broadway mas algo mais próximo dos clássicos dos anos 1940 e  1950 onde, dizem, "a música é um elemento-chave para a história".

Estranha a informação visto que, por toda a sua história, a Disney sempre usou a música como elemento chave da história. Ironicamente, Alan Menken - o compositor de "Enrolados" - fez músicas que são descritas como estilo "Broadway". Menken compôs num tom medieval mixando influências como Joni Mitchell, Cat Stevens e o folk rock dos anos 1960. O compositor passa alguma arrogância, talvez até por ter sido preterido por Randy Newman em "A Princesa e o Sapo". Confira abaixo, trecho da reportagem em inglês:

Tangled´s  directing duo Nathan Greno and Byron Howard (Bolt)  actually look at it a little differently than those hits. "This is not a big Broadway kind of musical. We look at it as more  in touch with classic Disney films of the 50’s where music is a key element in  the storytelling,”

Greno told me when I sat down with the talented team late in the marathon day. “It has that classic 40´s and 50´s Disney kind of feel but at the same time we’re making these movies for a contemporary audience. It’s great to acknowledge our roots while being non-traditional but not cynical,” Howard added.

Menken says he tried to put a medieval  flavor to  the new songs mixing in influences like Joni Mitchell, Cat Stevens  and 60´s folk rock although Donna Murphy who voices the evil Mother Gothel has a flat-out standout Broadway-style number called “Mother Knows Best”. 

Mandy Moore is the voice of Rapunzel. Eventually there will also be an added end title rock-style song , a “sore point” for Menken who didn’t write it. Menken  feels  the song with the best shot for another Oscar nomination is “I See The Light”  which highlights the remarkable lantern sequence in the movie. “I was nominated for three songs on Enchanted (2007) which is probably why we didn’t win (Once's Falling Slowly was the victor). I would be happy to just have one,” he says.

Uma conversa de Walt Disney e Stokowski

Quem gosta de história e música, não pode perder este post de Paul F. Anderson sobre as conversas entre Walt Disney e o maestro Stokowski durante a produção de "Fantasia" (1940). O post é sobre o segmento "Pastoral" de Beethoven.

Bill Plympton fala sobre seu novo filme

O blog de Michael Sporn traz uma entrevista de 10 perguntas com o animador e diretor Bill Plympton. Ele fala sobre seu mais recente filme "idiots and Angels". O filme é parecido  com outros filmes do diretor e traz um estilo alternativo bastante peculiar. Ele fala como foi produzir um filme de 90 minutos com um grupo pequeno. A animação lembra mais o estilo sombrio do leste europeu do que o americano (mais otimista e feliz).

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.