Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
"Waking Life" serviu de inspiração para atentado?

"Waking Life" serviu de inspiração para atentado?

Nada pior do que explicar algo culpando desenhos. Mas é o que está acontecendo, visto que nos últimos dias pessoas têm sugerido que Jared Loughner, o atirador que matou seis pessoas no estado norte-americano do Arizona, ferindo gravemente uma congressista democrata, seria um fã do filme "Waking Life", produção de Richard Linklater de 2001.

No tradicional programa jornalístico 60 Minutes, amigos do atirador afirmaram que ele era "obcecado com o filme". A relação teria sentido por conta do interesse do atirador com sonhos lúcidos - um estado mental em que você tem conhecimento de que está sonhando - que se trata do tema central de "Waking Life".`

Fãs da produção já começaram a publicar defesas do filme,  como esta destacada pelo blog Cartoon Brew, vinda do Brown Tweed Society:

 Waking Life kept popping up in my mind because Jared Loughner wrote a lot about the blurred lines between dreams and reality. He also asked a lot of difficult questions about government and social control, questions which mirror many of those posed in Waking Life. Before his dark mental illnesses really took hold of him, some of Loughner’s questions contained a degree of reasonable skepticism grounded in established, though perhaps poorly understood on his part, tenets of philosophy and linguistics. He asked it in a poor, ill-suited context of course, but the question Loughner posed to Gabrielle Giffords at the much-discussed 2007 public forum—“What is government if words have no meaning?”—is a valid inquiry grounded in the assumption that government and other human social abstractions are primarily linguistic constructions. It’s exactly the kind of question that prompts much of Waking Life’s extended dialogue segments.

Animação?

"Waking Life" já foi tema de polêmica em torno de sua técnica de produção, uma espécie de rotoscopia em cima dos atores filmados. O Animagic já publicou uma coluna em torno desta polêmica, que pode ser lida aqui.

Animaniacs estilo South Park

Alguns fãs do seriado Animanics, uma das várias produções em animação para TV de Steven Spielberg nos anos 1990, conseguiram um feito divertido em seu desejo em ver o seu retorno através do The Animanics Revival Project - um grupo no Facebook focado justamente nisso.

O vídeo, destacado em diversos blogs, traz a abertura de Animanics reanimado em estilo "South Park", criado usando Flash 8. Vale uma espiada.

Anime tem data garantida nos cinemas dos EUA

Mais um anime teve data de estreia confirmada nos EUA em 2011. De acordo com o The Ghibli Blog, a animação "Arriety the Borrower, dirigido pelo animador Hiromada Yonebayashi - um dos principais do estúdio de Miyazaki) terá distribuição feita pea Disney  no segundo semestre.

Frank Marshall irá produzir novamente a adaptação e dublagem nos EUA (como fez com "Ponyo" em 2008). Arriety terá a voz de Bridgit Mendler. Seus pais serão dublados por Will Arnett e Amy Poehler. O ator David Henrie (da série "Os Feiticeiros de Waverly Place) e também Carol Burnett dublarão os personagens humanos, Sho e sua tia respectivamente. A produção já estreou no Japão em julho de 2010.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.