Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
"O Lorax" vence mega produção da Disney

"O Lorax" vence mega produção da Disney

A Disney bem que tenta emplacar uma nova franquia no estilo "Piratas do Caribe", mas não foi desta vez (de novo). Primeiro foi com "As Crônicas de Nárnia", depois "Príncipe da Pérsia", agora é a vez de "John Carter: Entre Dois Mundos" confirmar as previsões pessimistas sobre sua estreia.

Ao custo de US$ 250 milhões, sem contar os gastos no marketing, o filme arrecadou neste fim de semana de estreia apenas US$ 30,6 milhões. Em compensação, a produção está indo muito melhor no mercado internacional, onde já arrecadou US$ 70 milhões.

A adaptação para as telas da série literária A Princesa de Marte, de Edgar Rice Burroughs, acompanha John Carter, um veterano de guerra acidentalmente transportado até Marte que ajuda o povo da princesa Dejah Thoris a enfrentar a guerra civil no planeta.

O plano original era transformar em uma forte franquia no esquema "Piratas do Caribe". A equipe Pixar teve sorte de não haver um "A Pixar Film" nos créditos. O diretor Andrew Stanton (de boa fama em "Procurando Nemo" e "Wall-E") está sob intensa pressão para explicar o orçamento gigantesco e esse problema de "parecer mais do mesmo". E nem adiantou argumentar que na verdade Star Wars e cia tiveram influência de Edgar Rice Burroughs.

Outro comentário, desta vez via jornal The New York Times, é de que um dos fatores para ter ficado tão caro é que Stanton estava acostumado a fazer e refazer as cenas várias vezes na Pixar, algo mais complicado de fazer (e mais caro) em live action. Nessa hora acredito que Brad Bird deve estar feliz de ter se mandado ao invés de fazer o filme do grande terremoto, "1906". Bird teve sucesso com o novo "Missão Impossível".

Se o fracasso na estreia já não é bastante, passa a ser retumbante quando o vencedor é uma animação concorrente e que está em sua segunda semana de exibição. Trata-se de "O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida", dos mesmos produtores do ótimo "Meu Malvado Favorito", incluindo no elenco Danny DeVito, Ed Helms, Zac Efron, Taylor Swift, Rob Riggle e Betty White.

A animação ficou em primeiro lugar rendendo somando mais US$ 39,1 milhões, totalizando até agora US$ 121,9 milhões, já superando (e muito) seus custos de produção. Lembrando que tanto "John Carter" e "O Lorax" estão sendo exibidos nos EUA em 3.740 cinemas, incluindo salas em 3-D. A produção Disney tem ainda a seu favor as salas IMAX, com ingressos mais caros.

O Lorax é narrado por Once-ler, um empreendedor ganancioso que desmata a floresta de Trúfulas, árvores fantásticas do universo de Dr. Seuss, para fabricar roupas. Apesar dos avisos contantes do Lorax, criatura porta-voz das árvores, sobre os perigos de seu empreendimento, ele continua até desmatar toda a floresta, levando a consequências catastróficas. O filme estreia no Brasil em 30 de março.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.