Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Confira o curta "Prelude to Eden"

Confira o curta "Prelude to Eden"

Para quem curte animação tradicional, uma boa dica para os fãs de animação de efeitos (explosões, água, vento, etc) é o curta de animação produzido por Michel Gagné. Um dos melhores na área de efeitos, ótimos exemplos de seu trabalho podem ser vistos em "O Gigante de Ferro" e "Osmosis Jones". "Prelude to Eden" foi um projeto pessoal que Gagné trabalhou por 4 anos para ver finalizado e entregue em 35mm. Começou em 1991 logo após sair de um período trabalhando com Don Bluth. Sua idéia era desenvolver um estilo próprio, além de melhor seu próprio senso de timing, movimento e design.

A premissa do curta é simples: Antes de existir vida na Terra, ou antes mesmo da Terra existir na galáxia, ou mesmo antes de existir uma galáxia no universo, houve uma batalha épica entre duas forças opostas. Essa batalha criou a faísca que resultou na explosão conhecida como o Big Bang.

Michel Gagné fez boa parte da animação, no entanto entre 1991 e 1992 alguns de seus amigos viram seu teste à lápis e se ofereceram para contribuir com alguma animação. Essa ajuda colaborou para tornar "Prelude to Eden" ainda mais poderoso. O curta inteiro foi produzido usando 24 desenhos por segundo, então foi um longo trabalho para completar o projeto. A direção de arte ficou a cargo de Barry Atkinson (oriundo dos estúdios Don Bluth), enquanto Shirley Walker ("Batman: The Animated Series") criou a poderosa trilha que acompanha a animação - a gravação da trilha com uma orquestra sinfônica foi a parte mais cara do projeto. Joe Campana criou os fantásticos efeitos sonoros. Com 3 minutos e meio de duração e lançado em 1995, "Prelude to Eden" ganhou no ano seguinte o prêmio Annie (o Oscar da Animação) como melhor curta de animação. No Brasil, o público pôde assistir diversas vezes o curta através do extinto canal Locomotion (atual Animax).

Confira "Prelude to Eden" aqui (link do YouTube).

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.