Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
"Bee Movie" na abertura do Festival de Cannes

"Bee Movie" na abertura do Festival de Cannes

Esta semana é da DreamWorks, produtora por trás de "Shrek Terceiro" e do futuro "Bee Movie: A História de uma abelha". Para promover a nova animação computadorizada, o ator Jerry Seinfeld  - também responsável pelo roteiro e direção do filme, simplesmente vestiu uma fantasia de abelha e desceu pendurado por um cabo do teto do Carlton Hotel. Quem também estava presente foi Chris Rock, dublador de outro personagem, que participou do evento como MC.

Ambos os atores, além de Jeffrey Katzenberg, a produtora Christina Steinberg, e os diretores Simon J. Smith e Steve Hickner, estiveram no Miramar Theater para apresentar cenas inéditas e exclusivas do novo filme. "Bee Movie" estréia nos EUA em 2 de novembro, e em 7 de dezembro no Brasil. Confira o trailer (em Quick Time) nos tamanhos grande e pequeno.

Katzenberg ataca novamente! "Em 2009, todos os nossos filmes serão feitos em 3D"

Vejamos esta notícia publicada na Folha Online nesta quarta-feira:

Dreamworks vai fazer todos os seus filmes em 3D em 2009

da France Presse, em Cannes

Os estúdios de cinema de animação Dreamworks vão fazer todos os seus filmes em três dimensões em 2009. A afirmação foi feita pelo presidente da companhia, Jeffrey Katzenberg, em uma entrevista a ser publicada amanhã (22) no jornal francês Les Echos.

Dreamworks quer todos os seus filmes em 3D
"Em 2009, todos os nossos filmes serão feitos em 3D", disse Katzenberg.

Ele afirmou que os primeiros filmes serão "Monsters Versus Aliens", "How To Train Your Dragon" e "Shrek 4". O presidente dos estúdios americanos afirmou que "o cinema em 3D é a maior inovação tecnológica depois da chegada da cor". Katzenberg também disse que o cinema 3D se tornou possível graças à potência das ferramentas informatizadas, ao desenvolvimento de salas digitais e aos preços dos óculos necessários para assistir a um filme feito com esta tecnologia.

A tecnologia necessária para lançar um filme em 3D custa entre US$ 16 mil e US$ 17 mil para uma sala já equipada com tecnologia digital, de acordo com Katzenberg. Para ele, o resultado é tão bom que os espectadores se dispõem a pagar US$ 5 dólares por ingresso para assistir aos filmes em três dimensões. Um filme 3D adiciona até US$ 6 milhões de dólares nos custos de um filme de ação. Para as animações, o custo aumenta em até US$ 15 milhões, disse o executivo.

Agora destaque para a declaração: "o cinema em 3D é a maior inovação tecnológica depois da chegada da cor". Parece que Jeffrey Katzenberg não aprende mesmo, ou simplesmente (o mais provável) quer se promover com frases de efeito. O mesmo executivo, um dos responsáveis pelo renascimento da animação Disney nos anos 80, comentou há poucos anos que a tecnologia "tradigital" (mistura de animação feita a mão e computadorizada) era o caminho do futuro e uma grande inovação. Ele fez essa declaração durante o lançamento do pretencioso "Spirit: O Corcel Indomável". Resultado? A DreamWorks só produziu apenas mais um filme tradigital: "Sinbad: Lenda dos Sete Mares", e migrou definitivamente para a animação computadorizada. Agora fica a pergunta: será que a moda dos óculos 3-D vai  se prolongar por tanto tempo?

Festival de Veneza terá "Beowulf" de Zemeckis

O Festival de Veneza deverá apresentar cerca de um terço de títulos produzidos nos EUA. Um dos filmes prometidos é "Beowulf", produção em 3D de Robert Zemeckis ("O Expresso Polar", "A Casa Monstro").

Calvin e Haroldo animado na Itália

O site Cartoon Brew recentemente destacou uma curta animação produzida pelo italiano Donato Di Carlo para a Escola de Cinema de Milão. Trata-se de uma homenagem a "Calvin & Haroldo", criação de Bill Watterson - conhecido por nunca ter autorizado nem apoiado que seus personagens fossem explorados em animação. O curta é muito interessante, especialmente pois o animador tentou respeitar ao máximo os traços originais de Watterson. Você pode conferir o curta em italiano no You Tube. (atenção: o vídeo pode sair do ar a qualquer momento!)

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.