Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Sony poderá vender parte das divisões de efeitos e animação

Sony poderá vender parte das divisões de efeitos e animação

Mais uma bomba no mundo do show business. A Sony Pictures Entertaniment está considerando vender metade de suas operações na Sony Animation, produtora de filmes como "Tá Dando Onda" (agora nos cinemas brasileiros) e "O Bicho vai pegar"; além de sua divisão de efeitos visuais com 15 anos de trabalhos na área, incluindo filmes como "O pequeno Stuart Little", "O Expresso Polar" e os filmes da franquia "O Homem Aranha". A Sony contratou especialistas para avaliar as duas empresas do grupo para analisar se uma possível venda poderia render cerca de US$ 500 milhões. Pelo que se sabe, a Sony investiu mais de US$ 400 milhões no negócio de efeitos visuais e animação nos últimos anos.

Uma pessoa próxima as negociações, disse anonimamente que as conversas estão ainda em estágio inicial, mas que a Sony não pretende vender mais de 50% da Sony Pictures Animation, que em seus cinco anos de funcionamento trouxe um sucesso moderado com "O Bicho vai pegar" em 2006. O estúdio, entretanto, não possui mais filmes planejados além de "Cloudy with a Chance of Meatballs" para março de 2009 e "Hotel Transylvania" prometido para o segundo semestre de 2009.

A divisão de efeitos da Sony, a Imageworks (com 15 anos de funcionamento), hoje emprega centenas de funcionários e rivaliza com grandes potências da área como a Industrial Light & Magic de George Lucas e a Weta Digital de Peter Jackson. Recentemente comprou 50% do que é chamado agora Imageworks India, onde emprega cerca de 80 funcionários, e tem uma nova instalação prevista para abrir em Albuquerquer em 2008.

O porta-voz da Sony Pictures, Jim Kennedy, disse que a companhia está aberta para explorar parcerias e que não é surpresa que exista interesse no mercado pelos negócios de animação e efeitos da Sony. Ele cita, no entanto, que a Sony continuará a manter a produção de novos filmes de animação. Vale lembrar que em abril deste ano, a Sony assinou um acordo de três anos com a Aardman Animation, o estúdio britânico responsável por "Wallace & Gromit" e "A Fuga das Galinhas". Informações do NY Times.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.