Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Porque o antigo é melhor!

Porque o antigo é melhor!

Vira e mexe levanta-se a polêmica sobre redublagens e os problemas e desafios de adaptação quando se traduz um filme estrangeiro para a língua portuguesa (ou como alguns preferem, brasileira). Mas não só na TV e no cinema temos esse problema. Na literatura e nos quadrinhos isso também ocorre, especialmente quando é algo já publicado há algumas décadas.

Aproveitando a temporada de poucas notícias, gostaria de dividir com os leitores do Animagic dois quadrinhos da história "A Lenda do Albatroz", publicada pela primeira vez no Brasil no gibi "O Pato Donald" número 790 de 1966. O diálogo hilário traz um Donald confuso declamando os dois versos do poema "O Velho Marinheiro". Ele diz: "Por que olhas assim? Com minha besta abati o albatroz!" Besta é sinônimo de arco (de arco e flecha).

"A Lenda do Albatroz" é uma história com 10 páginas escrita e desenhada pelo mestre dos quadrinhos Disney, Carl Barks. O título original é "The Not-so-Ancient Mariner" (mais informações do site Inducks) e deverá ser publicada no Brasil em um futuro volume de "O Melhor da Disney - As Melhores Histórias de Carl Barks" em 2008. Resta saber se a nova tradução manterá os cômicos versos antigos, ou quem sabe ao menos incluir uma nota de tradução.

"Persépolis" ganha estréia limitada nos EUA


O filme de animação francês "Persépolis" estréia no dia de Natal em Nova York e Los Angeles para reforçar suas chances ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro (ou de Língua não-inglesa). O filme foi lançado nos EUA pela Sony Pictures Classics, mesma distribuidora que anos atrás promoveu "As Bicicletas de Belleville".

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.