Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Indy vem aí!

Indy vem aí!

Indiana Jones de volta ao cinema!  A jornalista Sandra Monte assistiu "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal" e dá sua opinião. Se quiser ler os spoilers visite o blog Papo de Budega. Aqui transcrevo a parte sem revelações.

O herói interpretado pelo ator Harrison Ford marcou gerações. Entre outras inspirações, as aventuras do arqueólogo tiveram como referência as histórias do quadrinhista Carl Barks, nas aventuras do Tio Patinhas.

"Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal" é um bom filme. Contudo, não é espetacular como o primeiro. O espectador não deve esperar muito e possivelmente sairá do cinema pensando: “é bom e não poderia ser melhor do que foi...” Um ponto interessante foi o momento temporal: enquanto nos primeiro e terceiro filmes, Jones luta contra nazistas, neste ele atua contra soviéticos.

O longa-metragem peca ligeiramente nos efeitos visuais. Em algumas sequências é visível os efeitos, que em outrora pareciam tão bons. O argumento é bom. Curioso que os espectadores e/ou fãs de "Arquivo X" acharão os minutos iniciais bem familiares. Além disso, há algumas referências ao primeiro e terceiro filmes.

Na média, "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal" vai agradar, especialmente porque fica praticamente claro que este é o filme de despedida e que não existe possibilidade de haver uma nova sequência, mesmo com declarações recentes de George Lucas en Cannes dizendo que há possibilidade de uma nova aventura.

A distribuição é da Paramount Pictures, produção da Lucas Film, direção de Steven Spielberg. Com Harrison Ford, Cate Blanchett, Karen Allen, Ray Winstone e John Hurt.

Comentário: Discordo da Sandra quando ela diz que este é definitivamente o último filme de Indiana Jones. George Lucas anda doido para aprontar das suas, já que "Star Wars" pelo visto já rendeu o que podia nos últimos tempos. O produtor já comentou na imprensa que tem a idéia de um quinto filme onde Harrison Ford "passaria o chapéu" para Shia LaBeouf. É esperar para ver (ou não ver).

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.