Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
"Kung Fu Panda" tem partes em animação tradicional

"Kung Fu Panda" tem partes em animação tradicional

"Kung Fu Panda" realmente chama atenção. A última novidade é que a abertura e o encerramento da produção da DreamWorks foram produzidas usando animação tradicional. O detalhe é que ambos os trechos foram produzidos em estúdios independentes.

A abertura foi feita no estúdio do veterano James Baxter (que produziu as partes animadas de "Encantada" da Disney). A animação do encerramento foi produzida pelo estúdio Shine, que disponibilizou o trabalho em seu site no formato Quicktime. Vale realmente conferir  veja aqui - pois a animação chega a chamar mais atenção do que o trabalho em CGI (animação computadorizada).

Tim Burton jogando vôlei na Disney

Calma... isso aconteceu em 1980! Em artigo inédito no Animagic, saiba mais sobre o vídeo que mostra um divertido jogo de vôlei entre produtores e animadores da Disney. Podemos ver o então chefão da Disney, Ron Miller, e animadores como Chris Buck, Mike Gabriel, John Musker e Tim Burton. Leia aqui!

Christopher Lee dubla personagem em "Star Wars - The Clone Wars"

De acordo com o site TheForce.net, o ator Christopher Lee repetirá seu papel como Conde Dooku (ou Dookan) no filme animado "Star Wars: The Clone Wars". A curiosidade é que suas cenas aparentemente foram filmadas antes da gravação de sua voz, de acordo com um membro do fórum de discussões do site. Christopher Lee dublou o personagem alguns meses atrás, mas teria sido a primeira vez que ele dublou por cima da animação pronta (como ocorre nas dublagens estrangeiras). Normalmente a voz é gravada antes da animação ser produzida.

Animação é coisa de criança?

O site O-Meon publicou um bom artigo sobre a percepção da animação como "coisa de criança". A discussão gira em torno de como filmes recentes como "Kung Fu Panda" e "Wall-E" são considerados filmes infantis, ainda que uma boa parte de seu público seja formada de adolescentes e adultos. Antigos filmes, como "Você já foi a Bahia?" e "Fantasia", também são mencionados como exemplos de filmes para uma platéia mais adulta. Vale lembrar que essa percepção de "coisa de criança" começou com a popularização das séries animadas na televisão americana ainda na déca de 1960.

O grande duelo de magos de "A Espada era a Lei"

Um dos momentos mais divertidos quando se trata de animação é o duelo de magos do filme "A Espada era a Lei" (Disney - 1963). Trata-se de um hilário duelo entre o mago Merlin e a Madame Min, onde ambos lutam se transformando em todo tipo de animal, e a disputa só termina teoricamente quando o oponente é destruído. Claro que existem regras como ser proibido desaparecer e não se transformar em animais míticos como dragões. Mas lógico que a Madame Min não é honesta.

O blog de Michael Sporn publicou um excelente material fornecido pelo historiador John Canemaker. Os storyboards preliminares feitos por Bill Peet do duelo de magos. A curiosidade é que o board é datado de abril de 1949 (o filme é de 1963). Como a obra original foi lançada em 1938 é perfeitamente plausível acreditar que Peet criou os desenhos nessa época. Mas enfim, o que chama atenção é o quão próximo as idéias dos storyboards acabaram na versão final do filme. Detalhe para algumas transformações gráficas que não foram usadas como uma aranha se transformando no rosto do tigre.  Confira os storyboards aqui.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.