Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Laika promete novidades no mundo da animação

Laika promete novidades no mundo da animação

Uma nova produtora pretende balançar o mundo dos estúdios de animação. A Variety revelou que a produtora Laika já tem projetos em desenvolvimento após "Coraline", projeto dirigido por Henry Selick (o mesmo de "O Estranho Mundo de Jack"). O estúdio Laika, que produz filmes em CGI e stop-motion, foi criado quando Phil Knight (oriundo da Nike), comprou os estúdios Will Vinton. Agora se chama Laika Entertainment.

No fim do ano o estúdio termina seu primeiro longa-metragem animado em stop-motion, "Coraline". O filme é baseado no livro de Neil Gaiman, e será distribuido pela Focus Features. O principal animador de "Coraline" e chefe de animação da Laika é Travis Knight, filho do fundador da Nike. Ele já trabalhava como animador na Will Vinton antes de seu pai comprar o estúdio.

A Laika se prepara para apresentar três novos projetos que podem entrar em produção em breve. O primeiro é "Here Be Monsters!" baseados nos livros de Alan Snow, é uma história fantasiosa ambientada na Londres da década de 1850. O herói é um garoto de 12 anos que cresce num mundo subterrâneo logo abaixo da cidade que é repleto de monstros, mas precisa encontrar seu caminho no mundo normal quando chega a superfície. A escritora inglesa, Irena Brignell está fazendo o roteiro, Antony Stacchi (O Bicho vai Pegar) irá dirigir. O filme poderá ser em CGI ou stop-motion.

O segundo projeto é "Jack and Ben", uma animação em CGI, sobre pássaros azuis que precisam enfrentar uma jornada perigosa para a Flórida ao longo da rota migratória norte-sul. O diretor seria Barry Cook (o mesmo de "Mulan"), roteiro de David Skelly e direção de arte de Ric Sluiter (diretor de arte de "Mulan"). Segundo uma executiva do estúdio, a idéia é replicar  "Procurando Nemo", mas no ar.

Outro projeto é "Paranorman", uma idéia original do chefe de história de "Coraline", Chris Butler, falando de uma pequena cidade que está sob uma maldição secreta. Apenas um garoto de 13 anos pode ajudar a cidade de ser dominada por zumbis, mas ninguém presta atenção nele. O filme poderá ser em stop-motion ou CGI. Butler seria roteirista e co-diretor, com desenvolvimento sob supervisão de Henry Selick.

A Laika investiu entre US$ 50 e US$ 70 milhões em "Coraline", mas para os demais projetos espera parceria 50%-50% com outras empresas. A idéia é fazer filmes mais ousados para formar um nicho, ainda que sejam comerciais para competir com os demais estúdios. Um dos chefes da empresa comenta que a Laika está a esquerda da Pixar e a direita  de "O Estranho Mundo de Jack".

Para Fiona Kenshole (vice presidente de aquisições da Laika), "há muita gente indo para animação e o que eles fazem é cópia. O Mundo não está esperando outra Pixar, outra DreamWorks. Nós queremos uma linha que seja única e nossa, que emplaque os quatro quadrantes e seja comercial, mas com histórias realmente boas e fortes". O estúdio ainda tem outras idéias em desenvolvimento que podem ser conferidas no site da Variety.

"Kung Fu Panda" tem continuação em desenvolvimento

A DreamWorks já prepara a continuação de "Kung Fu Panda". Enquanto o filme continua a boa trilha de sucesso nos cinemas, internamente já se começa a discutir uma nova aventura envolvendo o Panda samurai.

De acordo com o blog Animation Guild, o estúdio está atualmente lotado de projetos ("Madagascar 2", "Monsters Vs. Aliens", "Shrek 4") e se prepara para uma ampliação de seu espaço físico. A equipe administrativa que povoava o andar superior já se mudou para novo local, enquanto mais artistas chegam para trabalhar nos novos projetos. Material inédito, incluindo animação tradicional 2D para o DVD de "Kung Fu Panda", está em produção neste exato momento.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.