Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
Hanna e Barbera explicam "como se faz"

Hanna e Barbera explicam "como se faz"

Hora de falar de Hanna-Barbera e com uma ótima indicação do blog Cartoon Brew. Trata-se de um video dde 1961 onde Bill Hanna e Joe Barbera (na foto) explicam o processo da animação para TV. Há cenas curiosas como do artista de layout Alex Lovy fumando antes de desenhar (o que hoje seria impensável num registro de bastidores).

Segundo Mark Mayerson, que descobriu o video, uma coisa que chama atenção é o "sexismo casual" do video onde mostra que "garotas" fazem o traço e pintam os personagens, mas o "homem" pinta os cenários. Vale uma espiada.

Outros destaques em vídeo é este tributo a Hanna-Barbera e um vídeo da atração/simulador "The FUNtastic World of Hanna-Barbera" (link do YouTube) que divertiu os turistas dos parques da Universal Studios por mais de uma década. Neste simulador os espectadores são convidados a participar de uma divertida perseguição com o Dick Vigarista pelos universos de Os Flintstones, Scooby-Doo e Os Jetsons, com direito a aparição de Zé Colméia. Na época o curta chamava atenção por ter cenários e elementos em CGI. Desde 2003 a Universal substituiu o filme do simulador por um baseado em Jimmy Neutron.

Sucesso indiano

A animação Disney produzida especialmente para o mercado indiano, "Roadside Romeo" estreou com grande sucesso na Índia. De acordo com um executivo da Disney, os primeiros quatro dias de exibição ultrapassaram o valor total arrecado por lá por "Os Incríveis".

Traços Ideogramáticos na linguagem dos Animês

Dica do blog Papo de Budega sobre um novo livro que tem como objetivo mostrar os princípios ideogramáticos na construção da linguagem dos animes.

Definiu-se como universo de análise seis obras, compreendendo o período dos anos 60 à primeira década de 2000, a saber: "Ribon no Kishi" (A Princesa e o Cavaleiro), "Kidou Senshi Gundam" (Móbile Suit Gundam), "Saint Seiya" (Cavaleiros do Zodíaco), "Ranma ½"; "Shin Seiki Evangelion" (Neon Genesis Evangelion) e "Sen to Chihiro no Kamikakushi" (A Viagem de Chihiro).

Para isso, a trajetória de pesquisa baseou-se em elaborar uma lista dos principais desenhos japoneses com a finalidade de encontrar os animês mais importantes historicamente e já consagrados como grandes fenômenos de audiência.

Patrícia M. Borges é a autora do livro. Ela é doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP e mestre em Educação Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Traços Ideogramáticos na linguagem dos Animês é um lançamento é da editora Via Lettera, a mesma que lançou os títulos de Sônia Bibe Luyten.

Segundo a autora, o livro e o lançamento oficial devem ocorrer em 2009. Ficamos no aguardo pelo título, que acrescentará a bibliografia nacional sobre o tema animes.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.