Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores
DreamWorks produzirá musical

DreamWorks produzirá musical

De acordo com o site Worst Previews, o escritor e ator Lin-Manuel Miranda, vencedor do prêmio Tony pelo musical "In the Heights", assinou um acordo total de desenvolvimento com a DreamWorks Animation. Em seu primeiro projeto, Miranda irá elaborar um animado musical com o escritor Peter Barsocchini de "High School Musical". Os cineastas estão mantendo silêncio sobre o argumento.

O co-presidente de produção da DreamWorks Animation, Bill Damaschke (Os Sem Florestas, Espanta Tubarões) viu "In the Heights" na Broadway a alguns anos e foi cativado imediatamente pela atuação de Miranda como ator e escritor.

Segundo Damaschke, a DreamWorks quer produzir um animado musical da maneira que Jeffrey Katzenberg fez na Disney nos anos 80. O plano é fazer algo original e realmente inovador. (com informações de David Santos)

Sem dúvida alguma, essa notícia vai para a série "o impossível acontece". Bom, a próxima notícia também faz parte!

Alfred Molina e Teresa Palmer em "O Aprendiz de Feiticeiro"

Ainda é estranho imaginar uma versão live-action de "O Aprendiz de Feiticeiro", imortalizado por Mickey Mouse em "Fantasia" (1940). Mas o projeto do filme continua firme e como novos nomes na produção. Alfred Molina será um feiticeiro malvado. Vale lembrar que ele acabou sua participação em outro filme produzido por Jerry Bruckheimer, "Príncipe da Persia: As Areias do Tempo". Teresa Palmer será o interesse romantico do protagonista, Jay Baruchel. (Slash Film)

Cartoon estréia sátira aos reality shows

A animação "Ilha dos Desafios" estreia no Cartoon, no Brasil, na quinta, dia 5. O nome da produção original dá ideia melhor do que espera os telespectadores do canal infantil: "Total Drama Island", ou ilha do drama total. É uma espécie de "Survivor", que aqui teve o nome de "No Limite", em que os participantes são confinados em uma ilha e competem por um prêmio. No desenho, como no reality, os candidatos enfrentam jogos "radicais", como o de comer lagartas vivas. São eliminados um a um --no "cais da vergonha" e no "barco do perdedor"--, até que o vencedor ganha US$ 100 mil.

Classificado pelo próprio Cartoon como livre, ou seja, recomendado a todas as idades, o programa é um desfile de estereótipos como os cultivados pelo "Big Brother", não indicado a menores de 14 anos no Brasil. Mais informações aqui.

Aviso aos leitores

Ainda há e-mails pendentes para serem respondidos. Uma grande quantidade, diga-se de passagem! Tentarei colocar a casa em ordem até domingo. No sábado será publicada uma crítica da animação "Coraline e o Mundo Secreto".

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.