Buscar
cheap jordans|wholesale air max|wholesale jordans|wholesale jewelry

Colunas

Matérias Anteriores

Colunas

O futuro da animação Disney mira na Índia?

O futuro da animação Disney mira na Índia?

por Celbi Pegoraro (01/11/2007)

Ultimamente muito se conversa e se especula sobre o futuro da Disney no mundo da animação. A entrada de Bob Iger como presidente da Walt Disney Company, trouxe novos ares e novas esperanças para os fãs e para os próprios funcionários da casa do Mickey. Um bom exemplo era o fracassado parque temático Disney´s California Adventure (construído bem diante da antiga Disneyland). Iger aprovou um programa bilionário para expandir e melhorar este parque num período de 10 anos. Mais sobre isso pode ser lido aqui no fórum AnimationS (em comentários escritos por mim). Um trecho abaixo:

A Disney aprovou um pacote de US$ 1,1 bilhão (é, vocês leram bem!) para melhorar num prazo de 10 anos o parque temático fracassado Disney´s California Adventure - que foi construído onde era o antigo estacionamento a frente da Disneylândia original na Califórnia.

Serão inúmeras novas atrações e projetos de "placemaking" (mudanças de ambiente). Além de uma dark ride em 3D "Toy Story Midway Mania" (que nem faz parte desse orçamento, foi aprovado antes), o parque ganhará Cars Land com uma atração onde os visitantes correrão usando uma nova tecnologia do Test Track (do Epcot), o novo show noturno "World of Color" (com imagens projetadas na água), um novo "Walt Disney Story" abrigado dentro de uma reprodução do teatro Carthay (onde foi exibido a premiere de "Branca de Neve", o rosto do Mickey será destacado na gigantesca roda-gigante Sun Wheel, o filme 3D "Mickeys Phillharmagic" deve substituir o filme dos Muppets e a Disney finalmente construirá uma nova versão da dark ride "Voyage of the Little Mermaid" cujo versão planejada para a Disneyland Paris fora apresentada no DVD do filme. Isso e mais novidades como a volta dos flying saucers agora embalados na temática de "Carros".

Isso sem citar as novidades nos parques de Paris e Orlando (Disney MGM Studios agora é Disney´s Hollywood Studios). Mas saindo dos parques e chegando ao mundo da animação, a Disney também promete surpresas. Nas últimas semanas, centenas de artistas da Pixar ganharam um tour pelas instalações Disney de Burbank e Glendale. E além disso, diversos projetos estão em desenvolvimento esperando a hora certa da aprovação. Alguns deles dependem de testes. Um bom exemplo foi o curta do Pateta "Como Instalar seu Home-Theater", que será exibido junto com "Encantada" nos cinemas.

Qual teste vocês perguntam? Apesar de ser rotulado como a volta da animação tradicional, o curta animado não foi totalmente produzido usando lápis e papel. A verdade é que a Disney não abandonou ferramentas digitais. Enquanto a animação do curta do Pateta realmente é "feita a mão", boa parte dela foi criada em tablets digitais cintiq - ou seja, os desenhos são criados através de tablets diretamente para os computadores. Os cenários também foram criados digitalmente economizando parte do esforço do modo convencional. Mas nem tudo foi feito assim. Andreas Deja animou sua cena no papel e a escaneou da forma antiga. Dizem que Mark Henn fez o mesmo. Se o resultado na tela agradar o grande público que conferir "Encantada", a Disney poderá adotar esta técnica em futuros projetos (alguns deles já em andamento).

E por falar em projetos em andamento, não só de "Rapunzel" (digital) e "A Princesa e o Sapo" (tradicional) o estúdio do Mickey anda ocupado. Crescem os rumores de que o próximo projeto (provavelmente) tradicional da Walt Disney Animation não seja um conto-de-fada e sim um filme com tom mais épico. Talvez com base nos veteranos animadores tão fanáticos por Mogli, o projeto em questão seria mais uma clássica história ambientada na Índia - "RAMAYANA". Pelo que se fala em fóruns na internet, é o projeto com mais chances de sair do papel e estaria programado para 2012.

O site Wikipedia traz informações curiosas sobre a história.
Sinopse:
Rama, o herói do Ramayana, é uma deidade popular adorada pelos hindus, sendo a rota de sua viagem, a cada ano, percorrida por peregrinos devotos. O poema não é um mero monumento literário, é uma parte do Hinduismo, e é tido em tal reverência que o mero ato de o ler ou ouvir é dito pelos hindus de libertá-los do pecado e garantir todos os desejos do leitor ou ouvinte. De acordo com a tradição hindu, Rama é uma encarnação (Avatar), do deus Vishnu, que é parte da Trindade hindu. O principal propósito da sua encarnação é demonstrar o caminho correto (dharma) à vida na terra.

Personagens principais

- Rama é o herói deste conto épico. Ele é retratado como uma encarnação do deus Vishnu. Ele é o filho mais velho e favorito do rei de Ayodhya, Dasharatha. Ele é um príncipe popular, adorado por um e por todos. Ele é o epítome da virtude. Dasaratha, forçado por uma de suas esposas, Kaikeyi, comanda Rama a renunciar ao seu direito ao trono por quatorze anos e entrar em exílio por seu pai. Enquanto em exílio, Rama mata o rei demônio Ravana.

- Sita é a esposa de Rama e a filha do rei Janaka. Ela é a encarnação da deusa Laxmi (esposa do deus Vishnu). Sita é o epítome da pureza e virtude femininas. Ela segue o seu marido no exílio, e lá é abduzida por Ravana. Ela é aprisionada na ilha de Lanka por Ravana. Rama a resgata matando o rei demônio Ravana.

- Hanuman é um vanara que pertence ao reino de Kishkinda. Ele adora Rama e o ajuda a encontrar Sita indo ao reino de Lanka e cruzando o grande oceano.

- Lakshmana, o irmão mais novo de Rama, escolheu entrar em exílio com ele. Ele passa o tempo protegendo Sita e Rama. Ele é enganado por Ravana e Maricha, acreditando que Rama estava em perigo enquanto Sita é abduzida.

- Ravana, um rakshasa, é o rei de Lanka. Ele recebeu um benefício de Brahma de que não seria morto nem por deuses, nem por demônios e nem por espíritos, após cumprir uma severa penitência de dez mil anos. Ele também era o ser mais inteligente e erudito do seu tempo. Ele tem dez cabeças e vinte braços. Após conseguir sua recompensa de Brahma, Ravana começa a devastar a terra e perturba as ações de bons brâmanes. Rama nasce humano para matá-lo, superando assim o benefício dado por Brahma.

- Dasharatha é o rei de Ayodhya e pai de Rama. Ele tem três rainhas, Kousalya, Sumitra e Kaikeyi, e três outros filhos, Bharata, Lakshmana e Shatrughna. Kaikeyi, a rainha favorita de Dasharatha, força-o a tornar seu filho Bharata legítimo e mandar Rama a um exílio. Dashatara morre de mágoa após que Rama entra em exílio.

- Bharata é o segundo filho de Dasharata. Quando ele descobre que a sua mãe Kaikeyi forçou Rama em exílio e fez com que Dasharata morresse de mágoa, ele corre para fora do palácio e vai à procura de Rama. Quando Rama se recusa a quebrar o exílio para retornar à capital e assumir o trono, ele pede as sandálias de Rama e as coloca no trono. Bharata então comanda Ayodhya como representante de Rama.

- Vishvamitra é o sábio que leva Rama à floresta com o propósito de derrotar os demônios que destróem os sacrifícios védicos. Na volta, ele leva Rama a Mithila, onde Rama vê Sita e se apaixona por ela.

Ainda não se têm maiores informações sobre quem está por trás desse projeto, mas é possível (em caso de aprovação) que logo logo saibamos mais sobre este novo projeto animado da Disney.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.