Buscar

Colunas

Matérias Anteriores
Michael Eisner produz animação

Michael Eisner produz animação

Michael Eisner resiste em deixar de aparecer na mídia. Após renunciar ao cargo de presidente da Disney em 2005 (após 20 anos comandando a casa do Mickey), Eisner se dedicou a novas aventuras incluindo a criação de uma nova empresa chamada Tornante Animation.

E não é que ele criou sua própria série de animação? E mais curioso ainda: a Nickelodeon comprou os direitos para até 20 episódios. Trata-se de uma série em stop-motion sobre um dentista que deseja mudar a rotina e decide pôr o pé na estrada. Segundo o jornal LA Times, a idéia envolvia um cão igual ao que possui o colega executivo Tom Staggs (Chefe financeiro da Disney). No fim das contas o projeto evoluiu para o dentista e sua família.

E falando em Michael Eisner, parece que finalmente ele será homenageado com o prêmio Disney Legends este ano. O nome dele já havia sido levantado em 2007, mas misteriosamente sumiu próximo da divulgação do evento que ocorre anualmente nos estúdios Disney em Burbank, Califórnia. Além de Michael Eisner, os contemplados deste ano incluem:


    * a jornalista Barbara Walters
    * o narrador esportivo Frank Gifford
    * a designer Dorothea Redmond
    * artista Walter Peregoy
    * veterano da animação Burny Mattinson
    * gerente de Show da MAPO Bob Booth
    * expert em Áudio-animatrônicos Neal Gallagher
    * compositor Oliver Wallace
    * dubladora da Minnie, Russi Taylor
    * dublador do Mickey,  Wayne Allwine

"Star Wars: The Clone Wars" fatura US$ 14 milhões

Pelo visto o público não deixou se enganar pelo caça-níqueis chamado "Star Wars: The Clone Wars", animação baseada na saga criada por George Lucas. O filme estreou no último fim de semana nos EUA na terceira posição - faturando US$ 14,6 milhões. No Brasil foi ainda pior. Estreou em quarto lugar! Lembrando que por aqui o sucesso atual é "A Múmia 3".

"Tinkerbell" terá estréia nos cinemas em Hollywood

A fada Sininho está com tudo. Pelo menos no que diz respeito a parte comercial da coisa. O longa de animação "Tinkerbell" é uma produção direto para DVD, mas será exibido na tela grande no Teatro El Capitan em Hollywood entre 19 de semembro e 2 de outubro. A maior polêmica é se isso abre uma brecha para a Disney legitimar a produção numa possível inscrição ao Oscar de Melhor Filme de Animação em 2009.

Estréia de "Bolt" é antecipada

Tudo indica que o adiamento do lançamento de "Harry Potter" pela Warner tenha resultado numa dança das cadeiras entre os demais estúdios. A Disney foi rápida e antecipou a estréia da animação "Bolt" nos cinemas de 26 de novembro pra 21 de novembro (na lucrativa semana de Ação de Graças). Mas o cãozinho não terá sossego. O filme "Crepúsculo" (Twilight) sobre jovens vampiros foi também reprogramado para a mesma data (antes a estréia seria em 12 de dezembro).

Belas imagens de desenvolvimento visual de "Bolt" podem ser vistos aqui.

Jeffrey Katzenberg promete mais continuações

Nada mais criativo do que investir mais vezes no que já deu certo. Espero que o pessoal da Pixar não entre nessa (se bem que...). Enfim, o chefão da DreamWorks, Jeffrey Katzenberg, confirmou ao The Hollywood Reporter que o estúdio está planejando a produção de "Kung Fu Panda 2" (o anúncio oficial pode ocorrer em dois meses) e "Madasgascar 3". O argumento é que o segundo "Madagascar" é apenas um "capítulo" da história que deve terminar no terceiro filme com os animais retornando à Nova York.

"Gnomeo & Juliet" - sim, este projeto ainda existe!

O amigo David Santos traz esta informação. James McAvoy ("O Procurado") e Emily Blunt ("O Diabo Veste Prada") estão em negociações para dublarem os protagonistas gnomos de jardim de "Gnomeo and Juliet", adaptação animada em CGI do clássico de Shakespeare, da Miramax e Rocket Pictures, a produtora de Elton John, informa o The Hollywood Reporter.

Kate Winslet foi a voz original de Juliet durante 2 anos, mas se desligou do projeto por causa de conflitos de agenda. Tim Rice também deixou o projeto, assim a trilha sonora terá repertório misto com músicas conhecidas e possivelmente outras novas composições.

Kelly Asbury irá dirigir o roteiro original escrito por Rob Sprackling e John R. Smith. Kevin Cecil, Andy Riley e Mark Burton trabalharam nas últimas versões do roteiro. O filme está nos estágios de storyboard e a expectativa é que a produção seja completada em 2010.

Voltar



Este site está sob a licença Creative Commons, exceto aonde explicitamente descrito.